Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/06/21 às 13h52 - Atualizado em 7/06/21 às 13h54

Brazlândia comemora 88 anos com torneio de vôlei de praia para surdos

COMPARTILHAR

A competição contou com o apoio da Secretaria da Pessoa com Deficiência

 

A cidade de Brazlândia comemorou 88 anos de existência em grande estilo. A quadra ao lado da Orla do Lago recebeu, neste domingo (6/6), a 2ª Etapa do Circuito Cangango de Vôlei de Praia para Surdos NCT/FBDS.

 

Os atletas inscritos competiram nas categorias masculina e feminina. Entre os homens, a dupla vencedora foi Lincoln e Mendelson. Já a dupla Dyona e Pammelleye conquistou o primeiro lugar entre as mulheres.

 

A competição foi organizada pela Federação Brasiliense Desportiva dos Surdos. O presidente da entidade, Gladison Fernando, explicou que a escolha de Brazlândia como local da competição foi definida em uma reunião com a Secretaria da Pessoa com Deficiência, parceira na realização do evento. “Realizar esse evento na cidade de Brazlândia, na data de seu aniversário, foi uma forma de trazer visibilidade para o campeonato dos surdos”, destacou o dirigente.

 

O secretário da Pessoa com Deficiência do DF, Flávio Santos, elogiou o trabalho da Diretoria de Esporte e Lazer pasta, reiterando o apoio da Secretaria ao paradesporto. “É um evento que traz muita inclusão, porque [os atletas surdos] estão num ambiente aberto, junto com a comunidade, onde todos participam de igual modo”, frisou.

 

O chefe da SEPD lembrou que não existe, nas Paralimpíadas, uma categoria específica para surdos. “É um grande passo para a comunidade surda. O esporte para surdos precisa ter os seus eventos e de apoios como esse para que ele possa crescer e os surdos possam ter também o seu espaço dentro do esporte”, ressalta Flávio.

 

Partida de exibição de tênis

 

A quadra de tênis da Orla do Lago recebeu uma partida de exibição da modalidade “tênis em cadeira de rodas”. O espaço foi recentemente reformado pela Administração de Brazlândia e conta com estrutura para atender pessoas com deficiência.

 

O secretário Flávio Santos jogou uma partida com a paratleta Jade Lanai. Ela é a 1ª colocada no ranking entre as paratletas juniors e 3° lugar entre as atletas femininas geral.

 

Brazlândia 88 anos

 

Brazlândia é a segunda cidade mais antiga do Distrito Federal. A região foi fundada em 5 de junho de 1933 e o nome é uma homenagem aos Braz de Lima, a família mais numerosa da localidade na época.

 

Para comemorar os 88 anos da cidade, a Administração Regional preparou uma série de atividades, dentre elas, o torneio de vôlei de praia. O administrador Jesiel Rosa classificou o torneio como “um momento de inclusão e integração”. “Nosso aniversário teve a intenção de atrair eventos que possam contemplar também atividades com pessoas com deficiência”, declarou.

 

O deputado distrital e morador da cidade, Iolando Almeida, também prestigiou o campeonato. O parlamentar, que é pessoa com deficiência, definiu o fato de a competição fazer parte dos 88 anos da cidade onde mora como “um prêmio”.

 

Iolando lembrou ainda que “há pessoas com deficiência inclusas nas mais diversas modalidades esportivas do país” e garantiu apoiar o paradesporto. “É muito importante [o apoio ao paradesporto], porque nós temos uma paralimpíada onde temos muitos atletas classificados e eles representam o nosso país”, disse.